quinta-feira, 2 de outubro de 2014

SITE: Arte e cultura






Pedro Paulo Nardotto é dono de um site maravilhoso, onde expõe artes, e mostra técnicas para aqueles que leciona, dono também de textos esplêndidos. Acesse:

Pedro parabéns, pelo seu belo site!Ganhou mais uma leitora.

Texto de Rani Mendes
 

EDUCAÇÃO: A SOLUÇÃO PARA O CAOS AMBIENTAL



EDUCAÇÃO: A SOLUÇÃO PARA O CAOS AMBIENTAL
Por PEDRO PAULO NARDOTTO

As ações de Educação Ambiental desempenhadas pela sociedade vêm aumentando exponencialmente no Brasil. Vemos claramente nos fóruns e estudos que há pessoas e instituições empenhadas em ampliar novas discussões sobre os diversos temas ambientais.

Compreendemos que o indivíduo precisa de educação, já que a mesma é a mediação universal da existência histórica do ser humano. Portanto, a Educação Ambiental deve ser amplamente discutida desde a base do ensino, considerada alicerce de transformação do indivíduo e que a perpetuação desse processo de conscientização possa se tornar uma constante.

No entanto, países como o nosso em que a diferença social acaba por se tornar mediadora de inúmeras práticas antiecológicas, constitui uma relação assimétrica de poder. Diante desta evidência, intensificar a educação ambiental nos diferentes meios de comunicação e também a prática nos espaços escolares proporcionará de modo mais fácil o desenvolvimento sustentável dos nossos recursos naturais, além da própria capacidade de sobrevivência do cidadão.

Contudo, se compararmos as experiências vividas no Brasil com as mais variadas nos pólos econômicos do mundo, perceberemos que mesma que seja pequena a contribuição para a construção do bem estar individual e coletivo da população brasileira, não será o suficiente para projetarmos os ganhos ambientais necessários para as futuras gerações, talvez para alguns configure um tanto pessimista, mas se os investimentos continuarem a passos lentos e mesmo com tantas inovações ao redor do mundo, teremos um vasto trabalho para tentar solucionar o caos ambiental no Brasil.

A quem diga que a falta de políticas públicas seja o viés desses problemas ambientais. Será mesmo? Bem, nessas últimas décadas compreendemos que a criação de ações tidas como intervenções de grau efetivo, as tais políticas públicas, não só tem elevado as gavetas do governo com inúmeros projetos, como também tem servido como instrumentos de campanha ao longo dos anos. Entretanto, penso que a partir dessa perspectiva, caberiam a nós cidadãos comuns subordinados ao caos, de não mais propor, mas sim de exigir a execução efetiva do que já existem, os inúmeros projetos sociais, econômicos e ambientais devem ser desengavetados.

Assim, acredito que a aproximação das pessoas à Educação Ambiental só garantirá o sucesso das ações voltadas à preservação, conservação e uso sustentável de nossos recursos naturais. A integração dos setores públicos e privados, além da participação efetiva da população, proporcionará o fim ou a minimização dos estigmas de violência ao meio ambiente em nosso país. Portanto, acredito que a inserção contínua da Educação Ambiental nas escolas é um dos passos fundamentais para conseguirmos uma real mudança de comportamento. Vamos descruzar os braços e agir em prol do nosso futuro.

Leia mais textos do Pedro, acessando:


quarta-feira, 1 de outubro de 2014

A origem de alguns partidos políticos






Antes, havia apenas os partidos ARENA (Aliança Renovadora Nacional, de situação) e MDB (Movimento Democrático Brasileiro, de oposição). Depois da Reforma, a Arena passou a se chamar PDS e o MDB se desmembrou em cinco novos partidos: PMDB, PP, PT, PDT e PTB.

A história do Brasil e suas constituições, luta pela democracia.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Olá





Basicamente quase um ano sem blogar! Fez muita falta para mim não estar por aqui!

Problemas técnicos resolvido. Quero agradecer a todos pelos comentários!

Que bom que mesmo ausente, você esteve presente.

Atenciosamente Rani MOL